Páginas

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Uma técnica para segurar gestação de 22 semanas sem cirurgia - Pesario

Após 40 semanas de gestação minha amiga dá a luz ao primeiro filho que por pouco nascerá de 22 semanas. Ela passou por dois partos prematuros de 22 e outro de 26 semanas. Ambos nasceram mas não vingou. Foram momentos difíceis para ela. Mas graças a Deus ela conseguiu engravidar e uma tecnica praticada pelo Hospital das Clinicas de São Paulo ela conseguiu segurar o parto por mais 22 semanas, totalizando 40 semanas.
Foi utilizado uma peça de silicone no colo do útero chamado de Pesario. Não precisou de cirurgia, já que no caso dela era muito arriscado.
Pesario de silicone
Ela encontrou um fornecedor no interior de São Paulo e pagou R$ 1.500,00. Ela comentou que doeu um pouco para colocar mas nada muito forte! O pesario ficou até 37ª semana, ou seja, 3 semanas sem este acessório para estimular o parto normal. O que não aconteceu, pois o bebe virou na ultima semana ficando sentado, assim teve que realizar uma cesariana.
Hoje ele tem 4 dias de vida, saiu do hospital e esta ótimo mamando normalmente e crescendo!
Ah! Ele nasceu com 4,100Kg e 52 cm um milagre de vida!!!




Segue um link com a reportagem falando um pouco mais deste metodo:
http://noticias.terra.com.br/ciencia/pesquisa/dispositivo-barato-e-seguro-pode-evitar-nascimento-prematuro,e3ca00beca2da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

Um comentário:

  1. Demorou, mas finalmente estou escrevendo! Hoje meu bebezão está com 1 ano e 4 meses. Realmente passamos por momentos muito difíceis e não podia acreditar que teria mais uma perda. Nesta última gestação, precisei trocar de ginecologista e mesmo relatando o meu histórico de perdas e suspeita de IIC (colo do útero curto), ela achou desnecessário fazer a cerclagem. Bom, aí com 22 semanas veio novamente o susto e o Israel começou a descer. O colo do útero não conseguiria segurá-lo e já era tarde demais (arriscado demais) fazer a cirurgia. Depois de idas e vindas a hospitais no Rio e em SP, acabei chegando ao Hospital das Clínicas de SP onde fui apresentada a uma alternativa simples a cirurgia, mas ainda não usada formalmente na medicina (até hj não entendi pq). Essa alternativa se chama pessário. O pessário é uma pequena peça de silicone que fecha o colo do útero do mesmo jeito que fazem aqueles lacres de sacola plástica de supermercado. Não sei explicar bem, mas por ser um método 'experimental' eu precisei comprar o pessário. O médico me indicou a empresa http://www.pessarioprematuridade.com.br/, eu adquiri a peça e o médico a colocou. O procedimento é rápido e um pouco dolorido, mas nada fora do comum. Nas semanas que se seguiram até a 37a, eu precisei ficar em repouso. E assim foi. Todos, inclusive o médico, esperávamos parto normal. Afinal o Israel já queria nascer com 22 semanas. Aí no final do 2o tempo, ele resolve sentar e teimar em ficar na minha barriga. O milagre da vida aconteceu comigo e aconteceu porque eu sou abençoadamente cercada por pessoas que me amam muito e me ajudaram nesta empreitada. Meu pai e minha mãe, meu chão; meu irmão e minha cunhada, meus guias; minhas tias Jeane e Marilene, minhas 2a mãe que tão carinhosamente cuidaram de nós e meu marido, que se fez presente, mesmo quando estava longe. Leila, cunha, eu não esqueço o caminho que me levou ao HC e neste caminho vc foi fundamental. Eu já tinha desistido e vc insistiu para que eu tentasse mais um. Este um foi vital, vital como vc e todas essas pessoas são na minha vida. OBRIGADA!!!!!!!!!!!!!!! O Israel é TUDO!!!!!!!

    ResponderExcluir